PATROCÍNIO

Notícia em destaque


Segurança deve aumentar no período de fim de ano nos condomínios



Rio - No fim do ano, os condomínios costumam ter um fluxo maior de visitantes por conta das férias escolares e dos dias de descanso proporcionados pelas festas de Natal e Ano Novo. Segundo especialistas, também é preciso ter cuidado nesse período, que é propício para ocorrências de roubos nas residências e condomínios.

Mesmo assim, os moradores se descuidam e esquecem de colocar em prática regras básicas de segurança. Para as pessoas que moram em condomínios, a dica é evitar, ao máximo, divulgar os dias que os moradores ficarão ausentes do imóvel, fechar bem portas e janelas e fornecer antecipadamente a autorização na portaria sobre prestadores de serviço. Amilton Saraiva, especialista em condomínios da GS Terceirização, explica que em casas outros pontos também devem ser levantados. "É preciso evitar luzes acessas 24h, acúmulo de contas, folhas e jornais, pois dá a sensação de casa vazia", alerta.

De acordo com Thiago Goethnauer, especialista em segurança predial, os locais mais críticos do condomínio são a garagem e a portaria. "Cerca de 90% dos criminosos acessam esses os locais para praticar os crimes. Por isso, a importância de ter um bom controle de acesso", afirma.

Para isso, ele sugere que os porteiros tenham um cadastro dos moradores e também das pessoas que vão acessar o condomínio para criar um controle de fluxo, com treinamento e capacitação para os funcionários.

Goethnauer afirma que essas regras de segurança são pouco debatidas nas reuniões de condomínio e que muitas vezes não constam nem no regimento interno. "Há casos em que as construtoras não entregam os edifícios com todos os recursos de segurança garantidos. É importante conscientizar os moradores e funcionários para ter uma atitude ao longo do ano todo, no qual o condomínio tenha uma cultura de segurança", finaliza.

Fonte: O Dia

Últimas notícias