PATROCÍNIO

Notícia em destaque


Preço nominal de imóveis residenciais tem variação de 0,06% em março


O preço nominal médio dos imóveis residenciais nas principais capitais do País ficou estável, ao registrar uma variação positiva de 0,06% em março, mostrando uma ligeira recuperação após variação negativa de 0,01% em fevereiro.
 
No acumulado do primeiro trimestre, os preços avançaram 0,24%, enquanto nos últimos 12 meses, recuaram 0,36%.
 
Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), cuja pesquisa considera os valores dos imóveis vendidos por meio de financiamento.
 
A pesquisa mostrou que, em março, cinco das nove capitais monitoradas tiveram variação positiva nos preços. Foram os casos de Fortaleza (0,02%), Salvador (0,08%), São Paulo (0,14%), Belo Horizonte (0,16%) e Recife (0,22%).
 
Nas outras capitais, os preços registraram alteração negativa, como no Rio (0,01%), Goiânia (0,02%) e em Porto Alegre (0,06%). A cidade de Curitiba não mostrou alteração nos preços dos imóveis.
 
Retomada
 
Em nota, a Abecip avaliou que a heterogeneidade dos resultados entre as nove capitais continua a refletir uma recuperação ainda lenta e volátil dos preços.
 
O resultado, segundo a associação, está inserido no contexto de retomada econômica que o País tem apresentado, com diminuição da inflação e a baixa histórica da taxa básica de juros Selic, em 6,50%. "O resultado dos indicadores de nível de atividade medidos vêm frustrando as expectativas de um ritmo mais forte de crescimento", apontou a nota da Abecip.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Últimas notícias